quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Nascimento - Renascimento

 

O que é o Natal para você? Hoje está tão comercial que muitas vezes fica parecendo um aniversário qualquer. Só se pensa em festa, muita comida e dinheiro gasto com presentes e enfeites onde o principal destaque é o papai noel. E olha que ele nem existe! (que as crianças, inclusive as que moram dentro de nós, não me ouçam).
Mas nem tudo está perdido se soubermos colocar a essência do Natal em prática, independente da religião que se tenha, assim, com certeza, teremos um final de ano cheio de significados verdadeiros, onde o que foi ensinado por Cristo: a partilha, a união, o respeito, a troca, a esperança terão lugar e importância garantidas.

Ensine seu filho que Natal é época de amor, onde uma energia de bons pensamentos, boas vibrações e alegria se espalham por todos os lugares e entre nessa sintonia, pensando positivo, fazendo planos de crescimento interior, praticando boas ações, tendo boas e tolerantes reações. Assim o Papai Noel não tomará o lugar do dono da Festa ;)

Uma representação desse renascimento que fica bem evidente no Natal, é justamente o presépio, que é o símbolo maior dessa data.
(O presépio é uma referência cristã que remete para o nascimento de Jesus numa gruta de Belém, na companhia de São José e da Santíssima Virgem Maria. Conta a Bíblia que, depois de muito tempo à procura de um lugar para albergar o casal, que se encontrava em viagem por motivo de recenseamento de toda a Galileia, São José e a Virgem Maria tiveram que pernoitar numa gruta ou cabana nas imediações de Belém. De acordo com a mesma fonte, Jesus nasceu numa manjedoura destinada a animais (no presépio, uma vaca e um burro) e foi reconhecido, no momento do nascimento, por pastores da região, avisados por um anjo, e, uns dois anos mais tarde, não na manjedoura, mas na casa de Jesus, por magos (ou reis ou astrólogos, a bíblia não diz se eram três) vindos do oriente, guiados por uma estrela, que teriam oferecido ouro, incenso e mirra à criança.
Segundo a história, estes acontecimentos ocorreram no tempo do Rei Herodes, que teria mandado matar todas as crianças por medo de perder o seu trono para o futuro rei dos judeus.) Fonte: wikipedia.org

Em 1223, São Francisco de Assis fez uma pregação sobre o nascimento de Cristo nessa época de Natal. Com a autorização do papa, montou um cenário reproduzindo como teria sido esse momento do nascimento de Cristo. Essa representação criada por São Francisco, teve tanta repercussão na Itália, que todos os lares europeus começaram também a montar seus presépios em suas casas, costume esse que se espalhou pelo mundo e que sobrevive, desde 1223 até hoje.

Que essa comemoração do Nascimento de Cristo, seja um marco do nosso renascimento interior, um verdadeiro presente para nós mesmos, para que tenhamos um ano de 2013 diferente: mais feliz, produtivo, harmonioso e cheio de paz!

 Feliz Natal!
 
deusquerestaura.com







Nenhum comentário:

Postar um comentário